Projeto de iniciação científica da UEPB desenvolve pesquisa sobre a vegetação da Serra de Bodopitá, em Queimadas-PB

Publicado em 24/10/2022 às 12:14

Projeto de iniciação científica da UEPB desenvolve pesquisa sobre a vegetação da Serra de Bodopitá, em Queimadas-PB

Queimadas-PB, conhecida como a Cidade das Pedras, cresce a cada dia nos segmentos do turismo e desperta também os olhares para a pesquisa científica. No dia 21 de outubro, a cidade recebeu um grupo de quatro estudantes do curso de Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a realização de uma pesquisa de campo com foco na brioflora da Serra de Bodopitá.

A pesquisa faz parte de uma das etapas do projeto de iniciação científica do Laboratório de Briófitas (Labrio) da UEPB e conta com a orientação da professora Shirley Rangel Germano. As estudantes/jovens pesquisadoras são: Mairla Maria Alves de Souza, Ellen Alves de Melo, Maria Clara Elias Trajano e Catarina Araújo de Souza.

Durante a visita técnica, o grupo coletou 105 amostras de materiais biológicos, especialmente de briófitas (plantas avasculares que apresentam como representantes musgos, hepáticas e antóceros). Essas amostras passarão por um processo de triagem, identificação e análise, para que os dados obtidos sejam inseridos futuramente em um banco de dados referencial para a produção científica na área das Ciências Biológicas.

Para a execução da atividade de campo, as estudantes contaram com o suporte da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte, Lazer e Juventude (SECULT) que, além de compreender a importância da pesquisa científica para a preservação ambiental, também enxerga os segmentos do turismo acadêmico e pedagógico como potencialidades para o desenvolvimento turístico no município.

Imagens
  • visita-pibic-2.jpeg
  • visita-pibic-7.jpeg
  • visita-pibic-1.jpeg

Mais Lidas