Projeto da Luthieria Coletiva Tataguassu representará a Paraíba no Seminário de Economia Criativa em SP

Publicado em 04/10/2019 às 15:50

Projeto da Luthieria Coletiva Tataguassu representará a Paraíba no Seminário de Economia Criativa em SP

Após se destacar na Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos, o projeto inovador da Luthieria Coletiva Tataguassu foi selecionado pelo Sebrae para representar o Estado da Paraíba no Seminário de Economia Criativa, que acontece em São Paulo/SP na próxima segunda-feira (07/10).

A luthieria coletiva é derivada da Escola Municipal de Formação de Luthier Tataguassu, instalada pela Prefeitura de Queimadas, através da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Secult), com o apoio do luthier francês Jeròme Daryell.

Na luthieria, o renomado professor Henry Guerra ensina a jovens queimadense a arte de produzir instrumentos clássicos como violinos, violas, contrabaixos e violoncelos. O primeiro instrumento confeccionado pelo professor e seus alunos foi um violino que está avaliado em R$ 6.000,00.

Durante o seminário, ele será exposto como o resultado de um projeto visionário da gestão municipal, que enxerga no segmento da economia criativa uma oportunidade de empreendedorismo e desenvolvimento da economia local, como também de proporcionar qualificação especializada à população.

Representando a Prefeitura no evento, a gerente da Secult, Anne Ferreira, participará ainda de palestras e discussões sobre sustentabilidade, empreendedorismo e inovação, além de visitas técnicas em empresas de destaque no mercado paulista.

Tempo
Queimadas - PB
Mín 21ºC
26º
Máx 31ºC
Parcialmente nublado

Mais Lidas